ADESÃO

São convidadas a integrar a Aliança, Organizações que se categorizem como:

  • Entidades do sistema das Nações Unidas atuantes em Portugal;
  • Organizações representativas de Empresas, incluindo PMEs;
  • Organizações empresariais dedicadas ao desenvolvimento económico e à cooperação 
  • Organizações Profissionais (como Ordens e Câmaras);
  • Empresas com dimensão superior a 500 empregados ou faturação superior a 30 milhões de euros;
  • Confederações e Uniões de Sindicatos integrantes do CES;
  • Organizações de Defesa do Ambiente;
  • Organizações de Defesa dos Consumidores;
  • Organizações Não-governamentais para o Desenvolvimento, nomeadamente a Plataforma Portuguesa das ONGD;
  • Entidades Públicas com objetivos muito relevantes para algum dos ODS e Normalização Nacional e Internacional;
  • Organizações de Apoio Humanitário;
  • Universidades e outras organizações académicas, investigação, desenvolvimento e inovação;
  • Entidades representativas do Terceiro Setor - Economia Social;
  • Fundações;
  • Entidades associativas ligadas à Ética, Responsabilidade Social ou Sustentabilidade;
  • Entidades com reconhecida atividade na área da Sustentabilidade, no âmbito da Normalização e do Sistema Português da Qualidade;
  • Membros da UN GCNP.

Para formalizar a adesão, as entidades deveram concordar com os Termos de Referência da ALIANÇA ODS PORTUGAL e declarar o compromisso com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, através da assinatura do Compromisso por parte do responsável máximo da organização com o carimbo oficial da entidade.