Notícias

Auchan, Epal, Esegur, Gatewit e Gebalis declaram o seu compromisso com o Programa das Nações Unidas para a Igualdade de Género e Empoderamento das Mulheres WEP - Women’s Empowerment Principles

Inserida na 11.ª Edição da Semana da Responsabilidade Social®, organizada por APEE - Associação Portuguesa de Ética Empresarial e UN Global Compact Network Portugal, a Cerimónia de Adesão WEP teve lugar na CULTURGEST no dia 1 de junho numa Sessão coorganizada por CITE – Comissão para a Igualdade no Trabalho e no Emprego e CIG – Comissão para a Cidadania e a Igualdade de Género, que contou com a presença da Sra. Secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdade, Dra. Catarina Marcelino.

O Programa WEP - Women’s Empowerment Principles foi lançado pelas agências UN Women e UN Global Compact com vista à promoção da Igualdade e do Empoderamento das Mulheres no setor empresarial e, neste momento, mais de 1200 empresas em todo o mundo já assinaram o seu compromisso com os Princípios WEP. Em Portugal, a Rede Portuguesa da agência Global Compact – UN Global Compact Network Portugal – dinamiza o Capítulo Português dos WEP, alinhando a sua ação com a nova Agenda 2030 da ONU, designadamente o ODS 5 – Igualdade de Género, aprovada por 193 Estados-Membro na Cimeira de 25 de setembro, 2015. Como tal, no dia 1 de junho e perante uma vasta plateia, Mário Parra da Silva, Network Representative da UN GCNP, e Isabel Figueiredo, Coordenadora da Comissão Executiva Instaladora do Capítulo Português dos WEP, deram a conhecer as cinco organizações que assumiram o compromisso público de respeitar, divulgar e operacionalizar os Princípios WEP, promovendo a igualdade e o empoderamento das mulheres no seio das suas organizações: Auchan Retail Portugal, representada por Jorge Filipe, Diretor de Recursos Humanos; Epal, representada por Luísa Branco, Vogal do Conselho de Administração; Esegur, representada por Maria da Glória Lopes, Presidente Executiva do Conselho de Administração; Gatewit, representada por Carla Carvalho, Diretora de Recursos Humanos; e Gebalis, representada por Maria Helena Correia, Vogal do Conselho de Administração.

Estas cinco organizações juntam-se, assim, à Estradas de Portugal (atual Infraestruturas de Portugal) e à Esposende Ambiente, que também já alinharam as suas políticas internas com os Princípios WEP, reconhecendo que a igualdade é um fator essencial para o desenvolvimento sustentável das comunidades e uma fonte de competitividade para as suas empresas.