Notícias

UNGC NP e FUNDAÇÃO AMI PROMOVEM A 4.ª EDIÇÃO DA CONFERÊNCIA "ENCONTROS IMPROVÁVEIS" COM O TEMA "BOA GOVERNAÇÃO: ALICERCE PARA UM FUTURO SUSTENTÁVEL"

No passado dia 26 de outubro, a UN Global Compact - Network Portugal e a Fundação AMI promoveram a 4.ª Edição da Conferência “Encontros Improváveis”, dedicada ao tema “Boa Governação: Alicerce para um Futuro Sustentável”.

A Conferência decorreu na Fundação Calouste Gulbenkian, sendo que a manhã, dedicada a “Transparência e Rigor – Instrumentos de Boa Governação”, iniciou com a mensagem de boas-vindas de Fernando Nobre, Presidente da Fundação AMI, e António de Macedo Vitorino, Membro do Steering Committee da UN GCNP, em representação da Macedo Vitorino & Associados.

Seguiram-se dois painéis de discussão. O primeiro, moderado pelo jornalista João Adelino Faria, contou com a participação de Carl Dolan, Diretor do Gabinete de Transparência Internacional na EU, Luís Campos e Cunha, Professor na Universidade Nova de Lisboa, e Luís de Sousa, Presidente da Associação Cívica Transparência e Integridade. O segundo painel, moderado por Luís Natal Marques, Presidente da EMEL e da SEFIN, reuniu três empresas para debater a importância dos instrumentos de boa governação. Intervieram João Pedro Lopes, Corporate Affairs Manager da JP - Inspiring Knowledge, Margarida Cunha, Lead Country Compliance Officer da Siemens S.A, e Gualter Crisóstomo, Head of Corporate Governance do Ceiia.

Seguiu-se a intervenção de Mercedes Guinda, que apresentou o Selo ONG, emitido pela Fundación Lealtad, que identifica as organizações não-governamentais que cumprem 9 Princípios de Transparência e Boas Práticas.

A tarde foi dedicada ao tema “Boa Governação e Desenvolvimento – Um binómio incontornável” com um painel moderado pelo jornalista António Peres Metelo e constituído por Eduard Ivanov, Departamento de Compliance e Ação Coletiva da Academia Internacional Anti-Corrupção, Paula Barros, Adjunta para a Cooperação do Conselho Diretivo do Camões I.P., Pedro Madeira Rodrigues, Secretário-Geral da ICC International Chamber of Commerce Portugal, e Victor Ângelo – Ex-Sub-Secretário Geral das Nações Unidas e Ex-Representante Especial do Secretário-Geral da ONU para a República Centro Africana e para o Chade.

A Sessão de Encerramento esteve a cargo de Carlos Gaspar, Membro da UN GCNP em representação da Fundação Oriente, e Fernando Nobre, Presidente da Fundação AMI.