Notícias

Tudo a postos para o Rio+20

É já na próxima quarta-feira, 20 de junho, que arranca a cimeira Rio+20, no Rio de Janeiro. Ban Ki-moon, Secretário-geral da ONU, considera que esta cimeira é “demasiado importante para falhar”: é este o momento para agir e por em prática os pilares de um plano que sairá da assinatura do documento “O Futuro que Queremos” pelos líderes mundiais presentes no Rio + 20.

O documento, que está a ser preparado, ainda não reúne consenso e espera-se que esteja concluído no dia 19 de junho. No entanto, tudo indica que o prazo se poderá prolongar, devido às dificuldades encontradas para a definição dos objetivos para o desenvolvimento sustentável.
A comitiva portuguesa na cimeira, liderada pelo Primeiro-Ministro, Pedro Passos Coelho, mostra-se expectante e esperançosa de que saía deste encontro "um documento político pragmático e orientado para a ação, na perspetiva de uma transição mundial para uma 'economia verde', integrada numa estratégia ampla de desenvolvimento sustentável". Passos Coelho acrescenta ainda que acredita que o Rio+20 “dará um renovado impulso à nossa agenda comum".