Notícias

Secretário-geral das Nações Unidas apela à implementação da sustentabilidade

No seu discurso na cimeira de sustentabilidade empresarial no dia 14 de Fevereiro, em Nova Iorque, o Secretário-geral das Nações Unidas Ban Ki-moon fez um forte apelo aos líderes das empresas à escala global para que implementem práticas de sustentabilidade nas suas estratégias e operações e unam forças com a ONU, antecipando o desenvolvimento sustentável em todo o Mundo.

Juntando 600 membros de alto nível do Global Compact, entre empresas internacionais e comunidade de políticas públicas, a cimeira Business Perspective on Sustainable Growth: Preparing for Rio+20 procura desempenhar um papel catalisador para empresas e governos progredirem na sua agenda para o crescimento verde, antes da Conferência sobre o Desenvolvimento Sustentável Rio+20, em Junho, no Brasil.
“Vejo uma crise de liderança, uma falta de imaginação quando se olha com olhos novos para os problemas antigos, e uma falta de urgência nesta corrida contra o relógio”, afirmou o Secretário-geral, enquanto se referia ao setor privado como um parceiro fundamental das Nações Unidas. “Nestes tempos incertos e tumultuosos, é necessário trabalharmos juntos para encontrar soluções para a sustentabilidade.”
O Secretário-geral também sublinhou várias iniciativas apoiadas pela ONU concebidas para estimular o maior envolvimento e compromisso de empresas nas áreas centrais de economia, social, ambiental e ética. Encorajou as empresas a unir-se às perto de 7mil empresas subscritoras do Global Compact e pediu mais apoio aos Princípios para o Investimento Responsável e Princípios para a Educação em Gestão Responsável. Outras iniciativas referidas foram Energia Sustentável para Todos, CEO Water Mandate, Women’s Empowerment Principles e Every Woman Every Child.
O Secretário-geral incentivou à participação das empresas Fórum de Sustentabilidade Empresarial Rio+20, organizado pelo Global Compact e concebido para mostrar parcerias público-privadas inovadoras e contribuições de empresas, descrevendo a Conferência do Rio como uma oportunidade para empresas e investidores mostrarem liderança. Além disso, Ban Ki-moon pediu às empresas para divulgarem publicamente a sua performance na sustentabilidade, ao mesmo tempo que praticam um lobby responsável, trabalham com os governos na adoção de estruturas de inteligentes de regulação e estabelecem parceria com as ONU e as suas agências, fundos e programas.

- Veja os Comentários do Secretário-geral sobre a Cimeira Business Perspective For Sustainable Growth
- Leia o Relatório do Painel de Sustentabilidade Global do Secretário-geral das Nações Unidas
- Saiba mais sobre o  Fórum de Sustentabilidade Empresarial Rio+20