Notícias Membros

Executive Update | AdP - Águas de Portugal

 

Carla Correia
Administradora Executiva
AdP SGPS

O Grupo AdP - Águas de Portugal é membro do Board da Global Compact Network Portugal

Prosseguindo uma missão de serviço público, o Grupo AdP - Águas de Portugal está intrinsecamente comprometido com a sustentabilidade dos serviços de abastecimento de água e de saneamento enquanto pilares fundamentais da qualidade de vida e da saúde das pessoas, do desenvolvimento das atividades económicas e da preservação do ambiente.

Sustentamos a nossa atuação num compromisso de promoção da melhoria do capital natural e humano, em benefício das populações atuais e das gerações futuras, e integramos a Sustentabilidade nos alicerces da nossa estratégia de gestão e como instrumento potenciador da criação de valor para todas as partes interessadas.

 

A Aguas de Portugal aderiu ao United Nations Global Compact em 2010, fazendo parte também da Global Compact Network Portugal. Este elevado compromisso reafirma a sustentabilidade como parte do nosso ADN, sendo ainda de relevar, neste âmbito, as políticas sociais que desenvolvemos, em alinhamento com os compromissos assumidos com os princípios do UN Global Compact e com os Objectivos do Desenvolvimento Sustentável.

Em 2019 aderimos à Campanha Portuguesa Anticorrupção, sendo os compromissos subscritos por todas as empresas do Grupo AdP reforçando o compromisso que já assumíamos anteriormente de combate à corrupção e o empenho em desenvolver e adotar estratégias de promoção da integridade e do desenvolvimento sustentável e a criação de uma sociedade mais justa e equilibrada.

Tendo em conta as especificidades do setor das águas, requerendo avultados investimentos com prazos longos de retorno, tem sido uma preocupação constante do Grupo AdP garantir o equilíbrio o económico-financeiro necessário à sustentabilidade das operações atuais e de futuro.

As nossas empresas desenvolvem uma gestão sustentável dos recursos, promovendo uma operação mais eficiente e visando garantir uma melhor qualidade do serviço prestado, a melhores tarifas para a comunidade, e antecipando os novos desafios, em especial os decorrentes das alterações climáticas.

Estamos conscientes dos impactes inerentes às operações que desenvolvemos, pelo que integramos nas respetivas cadeias de valor os pressupostos da economia circular, visando otimizar o uso de recursos e minimizar as emissões residuais através de uma aposta forte na inovação e do recurso às melhores tecnologias disponíveis, da exploração do potencial das infraestruturas e da gestão dos subprodutos dos seus processos produtivos.

Destacamos aqui, por exemplo, as intervenções em sistemas de abastecimento de água situados em zonas de elevada escassez para aumento da sua capacidade, resiliência e operacionalidade, a produção de água para reutilização (ApR) e ainda o investimento em ações de sensibilização para o uso eficiente da água.

No que respeita à integração do modelo sustentável de economia circular, podemos também referir a valorização de subprodutos gerados pelo tratamento de águas residuais, nomeadamente a valorização de lamas de ETA e de ETAR, a reciclagem de nutrientes presentes nas águas residuais e a produção de energia de fonte renovável, entre outras intervenções.

Em 2019, reafirmámos o nosso compromisso de sustentabilidade através da subscrição da carta “Business Ambition for 1.5ºC” da United Nations Global Compact, visando reduzir as emissões de gases com efeito de estufa e contribuir para a sustentabilidade do planeta.

Foi, por isso, com grande sentido de responsabilidade e num quadro de transparência que recebemos o convite para participar na edição promovida pela UN Global Compact Portugal no âmbito da cimeira da UN Global Compact de 2020, integrando o painel sobre energias limpas, onde detalhámos o empenho do Grupo AdP na transição para uma economia de baixo carbono.

Neste âmbito, destacámos a enorme relevância de uma gestão eficiente da energia no contexto das atividades de abastecimento de água e de tratamento de águas residuais, que são altamente consumidoras de energia, dando exemplos de redução de consumos e de produção de energia de fonte renovável e com base nos recursos endógenos das empresas do Grupo AdP.

27-07-2020