Notícias Membros

Aqueduto das Águas Livres possível candidato a Património da Humanidade

Margarida Ruas, responsável pelo Gabinete de Imagem e Comunicação da EPAL e Diretora do Museu da Água, fala em entrevista à Revista Portugal Protocolo sobre o Aqueduto das Águas Livres e a sua intenção de apresentar a candidatura a Património da Humanidade da UNESCO.

 

“O Aqueduto é uma obra grandiosa que os Portugueses deixam à Humanidade, deve ser classificada como Património Mundial. Em 1998, foi afirmado esse desiderato durante a EXPO, foi conseguida a classificação pelo IPPAR na sua totalidade, mais tarde surge a ameaça de demolição de 2 km para a construção de uma rede viária de ligação à CREL e aos acessos de um centro comercial. Foi uma luta dura e férrea como todos se lembrarão. Foram tempos de ameaça e perseguição e de interesses furiosos. A Rainha Fabíola da Bélgica veio a Portugal para chamar a atenção da opinião pública internacional, e os meios de comunicação internacional noticiaram profusamente a intenção hedionda da sua destruição. Dei uma entrevista em direto para a Rádio Pequim, fomos primeira página de um jornal no Japão e na Europa tivemos presença em quase todos os países. Recebemos visitantes ilustres como o Presidente da Assembleia da República da Itália, Professos Bertinotti, políticos, especialistas e museólogos como Massimo Negri, Sir Neal Cossons, Wiss van der Weiden, Andrea Richter, Herman Shaffer e muitos outros.
Quem somos nós?
O que Somos?
Até hoje não consegui que o Governo Português apresentasse a candidatura do Aqueduto das Águas Livres a Património Mundial, apesar de todas as explicações, movimentos de sensibilização, da dedicação e empenhamento de Boas e Bons Portugueses. Obra única no mundo que representa a Inteligentzia Portuguesa, tao ou mais importante que as Gesta dos Descobrimentos.
Negligenciamos o Aqueduto e os Descobrimentos. Falta-nos autoestima e respeito por nós próprios. Convido-vos a visitar o Aqueduto. Acreditem que muda o vosso olhar sobre Quem Somos e o que Somos e percebemos quem queremos Ser.
É um mistério o fechamento do grande arco do Aqueduto com três pedras. Dez a lenda que só um o pode apartar.
“A Beleza é a expressão visível do Bem do mesmo modo que o Bem é a condição metafísica da Beleza.” Papa João Paulo II”
In Entrevista de Margarida Ruas à Revista Portugal Protocolo
Leia aqui a entrevista na íntegra.