Notícias Membros

A Universidade de Coimbra coorganiza sessão na SRS 2020-2030 | A Década da Sustentabilidade

No ano em que iniciamos a "Década da Ação", tal como António Guterres, Secretário-Geral das Nações Unidas, a definiu no passado mês de janeiro, a Global Compact Network Portugal em parceria com a Associação Portuguesa de Ética Empresarial [APEE] promovem a 15.ª Edição da Semana da Responsabilidade Social [SRS]. A pandemia da COVID-19 trouxe um conjunto de desafios económicos, sociais e ambientais, exigindo uma ação redobrada em prol dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. Por esse motivo, inicia-se também, em 2020, a Década da Sustentabilidade, sendo este o tema da 15.ª Edição da SRS®.

 A Universidade de Coimbra, Participante do United Nations Global Compact, associou-se à Semana da Responsabilidade Social 2020, e irá coorganizar a sessão “A agenda 2030 nas Instituições de Ensino Superior: Educação, Investigação e Inovação”. Em entrevista, Amílcar Falcão [AF], Reitor desta prestigiada Instituição de Ensino, reforça que “preparar os cidadãos para os desafios que se avizinham e contribuir para a sua prevenção e resolução através da Investigação e Inovação que realiza” é a missão de uma instituição de ensino.

SRS: A Universidade de Coimbra aderiu ao UN Global Compact em 2019 e transmitiu uma mensagem clara às suas partes interessadas. A sustentabilidade é fundamental nas instituições do ensino superior?

AF: Sim. As Instituições do Ensino Superior (IES) formam cidadãos, formam os futuros líderes de amanhã. É essa a missão de uma instituição de ensino: preparar os cidadãos para os desafios que se avizinham e contribuir para a sua prevenção e resolução através da Investigação e Inovação que realiza.

SRS: Considera que a pandemia Covid-19 veio abrandar a concretização da Agenda 2030 da ONU? Quais são os principais desafios, para a Universidade, desta nova realidade?

AF: A UC fez o que tem feito nos últimos 730 anos. Reagiu sem nunca parar. Deu resposta aos seus estudantes e funcionários: apoiou os estudantes sem equipamentos eletrónicos e internet, criou uma linha de apoio emocional extraordinária, criou rastreios aleatórios, instalou pontos de controlo em todos os edifícios. Para os seus cidadãos disponibilizou a ciência e sabedoria através da dedicação exclusiva do Laboratório de Análises Clínicas da UC à deteção de COVID-19 e a participação em múltiplos projetos de investigação. Assim podemos concluir que a pandemia pode até ter acelerado alguns objetivos, estando também conscientes que outros estão a ficar altamente fragilizados e que poderão ser um problema como o crescimento económico, desemprego e pobreza.

SRS: A Universidade de Coimbra associa-se à SRS® 2020, coorganizando a sessão “A agenda 2030 nas Instituições de Ensino Superior: Educação, Investigação e Inovação”. Qual é a importância, para a organização, de se envolver na SRS® 2020 com este tema?

AF: A UC afirmou através do Plano Estratégico 19/23 a sua missão e comprometimento com o Desenvolvimento Sustentável e Neutralidade Carbónica. Como tal, a UC tem a responsabilidade não só com a sua comunidade académica, mas com todos os cidadãos e organizações através da partilha de experiências. Afinal, as Transferências de Conhecimento nas suas mais diversas formas são a Nossa Missão! Queremos ajudar as organizações a ser mais sustentáveis, quer seja através da melhoria de processos de fabrico, do desenvolvimento de novos materiais e/ou resolução de problemas que enfrentem.

SRS: Quais são os principais focos de ação da Universidade de Coimbra ao longo desta década?

AF: A Visão da UC é a de ser internacionalmente reconhecida como uma universidade de investigação, em que a produção de conhecimento de elevada qualidade influencie o processo educativo e aumente a partilha de conhecimento com a sociedade, dando resposta aos problemas que são de todos/as e de cada um/a e contribuindo sem reservas para o desenvolvimento sustentável.

SRS: Numa frase, como é que a Universidade de Coimbra define a Década da Sustentabilidade?

AF: As pessoas que fazem parte de uma Organização são a componente mais importante da estratégia adotada. E todas as pessoas são importantes para se atinja o sucesso de uma Organização. É por isso que as pessoas devem ser ouvidas, valorizadas e informadas. Se cada um sentir parte da estratégia, então a força do coletivo sairá reforçada. Tal como nas organizações, também assim o é para o Desenvolvimento Sustentável do Planeta.

 

10-11-2020